16 de setembro de 2010

Maceió para Mãos de Vaca - parte 1



Maceió, a capital de Alagoas, foi a nossa primeira parada nesta viagem de 20 dias pelo Nordeste. Esta é uma cidade linda, com um magnífico mar azul-esverdeado e repleta de opções gastronômicas e culturais.

Chegando a Maceió
Do aeroporto até Ponta Verde ou Pajuçara, duas das praias mais importantes de Maceió, são uns 20 quilômetros de distância. Os taxistas queriam nos cobrar 80 reais para fazer este trajeto, por isto, como estávamos com pouca bagagem e muita disposição, optamos pelo transporte público.
O ônibus custou R$ 2,30 por pessoa, só que demorou mais de meia hora para sair do aeroporto, pois o motorista estava atrasado. Depois, foram mais uma hora e meia dentro do ônibus, rodando por várias vizinhanças "alternativas" da cidade.

Hospedagem
Fomos parar na casa de uma amiga que mora na Ponta Verde e pudemos economizar com hospedagem de hotel. Para quem deseja ficar mais perto da animação, eu indicaria Ponta Verde ou Pajuçara para hospedagem, pois gasta-se um pouco mais com o hotel ou com pousada, mas economiza nas corridas de táxi para vir de outros bairro até lá.
Fizemos uma pesquisa de preços em alguns hotéis e albergues, e aqui estão apenas os hotéis que responderam ao nosso contato.

Hotel Verde Mar
www.hotelverdemar.com.br
A partir de 130 reais o casal, praia de Pajuçara.

Pajuçara hotel
www.pajucarahotel.com.br
A partir de 130 reais o casal,praia de Pajuçara.

Hotel Praia Bonita
www.praiabonita.com.br
A partir de 105 reais o casal, praia de Pajuçara.

Ibis Maceió Pajuçara
www.accorhotels.com
A partir de 129 reais o casal, praia de Pajuçara.

Maceió Praia Albergu
e
www.maceiopraiaalbergue.com
A partir de 79 reais o casal, praia de Ponta Verde.

Matsubara Hotel
www.matsubarahotel.com.br
A partir de 200 reais o casal, Lagoa da Anta.

Alimentação
No Brasil, comer em restaurantes sempre sairá mais caro do que comprando em supermercados. Conseguimos cortar alguns gastos comendo nas praças de alimentação de mercados, salgados ou refeições prontas, e também comprando algumas besteirinhas, como bolachas e refrigerante, para beliscarmos à noite. A refeição no mercado custava em torno de uns 10 reais para o casal, e a compra total, com água e outra guloseimas uns 13 reais.


Ficamos impressionados com a beleza e a qualidade dos restaurantes de Maceió, vários com uma decoração de extremo bom gosto, mas também com preços um pouco salgados.
A nossa recomendação é Bodega do Sertão, um restaurante temático e com comida típica sertaneja. A comida é por quilo e um chef fica o tempo todo ao lado dos pratos conferindo o aspecto deles. Sem dúvida, foi uma das melhores comidas típicas que tivemos a oportunidade de experimentar em toda a viagem.
O meu prato, com carne de sol com queijo coalho, escondidinho de carne de sol, cordeiro e outras coisas que não sei o nome, custou pouco mais de 10 reais. A refeição para 2 pessoas saiu 32 reais com a bebida e sobremesa, o que é quase nada pela qualidade do local. Aos domingos, há também um sanfoneiro para compôr a trilha sonora do almoço. Abre no café-da-manhã, almoço e jantar.


Bodega do Sertão
Av. Júlio Marques Luz, 62 - Jatiúca

O que ver?
A orla da praia de Maceió é muito linda, limpa e movimentada até à noite. Há vários restaurantes, bares e lanchonetes ao longo do calçadão, ou você pode simplesmente caminhar e admirar a paisagem.


Na Pajuçara, há a tradicional feirinha de artesanato, do tipo que você encontrará às dezenas pelo Nordeste. É bom para dar uma fuçada e levar aquele souvenir brega para a sua sogra. Quem sabe talvez você até consiga encontrar algo que tenha alguma utilidade.
É na frente desta feirinha que você poderá encontrar vários passeios turísticos para as praias do sul ou do norte. A regra é sempre a mesma, pechinche sempre. Nesta região há também vários quiosques de tapiocas, com dezenas de sabores.
Nesta mesma praia, há piscinas naturais, nas quais você pode chegar com um jangadeiro. Não conseguimos fazer este passeio porque a maré estava muito alta naqueles dias.
Acostume-se com este fato: no Nordeste, quem manda é a maré!

(continua...)

***
Maceió for the Tight-fisted


Maceió, the capital city of Alagoas state, was our first stop during this 20 days trip to Northeast Brazil. It's a beautiful city, with a greenish blue seashore and lots of gastronomic and cultural options.

Arriving in Maceió
From Maceió airport to Ponta Verde or Pajuçara, two of the most important beaches in Maceió, it's about 20 kilometers (some 13 miles). The cab drivers wanted to charge us 80 reais (40 dollars) for the ride, thus we prefered to take a bus, since we had light luggage and plenty of disposition.
The bus cost R$ 2,30 (a little more than 1 dollar), but it took 30 minutes to leave the airport, because the bus driver was late to work. It took another hour and a half in the bus to our final destination, wandering through some "non-touristic" parts of town.

Lodging
We ended up taking shelter in a friend's house in Ponta Verde, and saved some money. For those who want to be close to the fun, I'd suggest to find a hotel or hostel in Ponta Verde or Pajuçara. You'll spend a little more in lodging, but will save in taxi rides coming other areas.
We did a research about hotels and hostels, and here are only those hotels that replied to our contact.

Hotel Verde Mar
www.hotelverdemar.com.br
From 130 reais for 2 people, Pajuçara beach.

Pajuçara hotel
www.pajucarahotel.com.br
From 130 reais for 2 people, Pajuçara beach.

Hotel Praia Bonita
www.praiabonita.com.br
From 105 reais for 2 people, Pajuçara beach.

Ibis Maceió Pajuçara
www.accorhotels.com
From 129 reais for 2 people, Pajuçara beach.

Maceió Praia Albergu
e
www.maceiopraiaalbergue.com
From 79 reais for 2 people, Ponta Verde beach.

Matsubara Hotel
www.matsubarahotel.com.br
From 200 reais for 2 people, Lagoa da Anta.

Eating
In Brazil, eating out will always cost you more than buying groceries at supermarkets. We managed to cut some expenses by eating at supermarkets food courts, snacks or meals, and buying cookies and soda for dinner. A meal in a supermarket cost about 10 reais (5 dollars) for two people, and the groceries, including water and snacks 13 reais (8 dollars).


We were impressed by the high-end restaurants in Maceió, many of them with beautiful decor, but with high prices as well.
Our recommendation is Bodega do Sertão, a theme restaurant where sertaneja food is served, typical dishes from the Northeast backlands. It's a by the pound restaurant and a chef is always checking the dishes quality. For sure it was one of the best typical food we had the oportunity to eat during the whole trip.
My plate, with carne de sol com queijo coalho (jerked beef and coalho cheese), lamb and other typical dishes that I've never heard about before, cost a little more than 10 reais (5 dollars). The meal for 2 people cost 32 reais (16 dollars), dessert and drink included, with is really cheap for a place like that. Sundays, there's a accordion player to add a soundtrack to lunch-time. The restaurant opens for breakfast, lunch and dinner.

Bodega do Sertão
Av. Júlio Marques Luz, 62 - Jatiúca

What to see?
Maceió's esplanade is very beautiful, clean and crowded till late night. There're many restaurants, bars and snack kioskes along the promenade, or you can just walk and enjoy the sightseeing.


In Pajuçara, there's the traditional crafts fair, the type of fair you will see many times in Northeast Brazil. It's a good place to look for those corny souvenirs for your mother-in-law. Maybe you'll even be able to find some useful stuff.
Right in front of this fair, there're many tour services to the southern or to the northern beaches. The rule of thumb is, always ask for a discount. In this area there're many tapiocas kioskes, with dozens of different flavors.
In this same beach, there are seapools, which can be reached by a raft. We couldn't go to the pools because the tides were to high in those particular days.
Get used to this fact: in Northeast, the tides are the boss!

(to be continued...)



Importante: favor ler as Perguntas Frequentes - FAQ.


16 comentários via BLOGGER
comente também
  1. Legal ter essa visão da minha querida cidade.
    Sobre o táxi do aeroporto foi um absurdo mesmo.. o preço tabelado quando vou pro aeroporto é de R$ 35,00.

    ResponderExcluir
  2. oi henry, moro em maceio e gostaria de saber se vc ainda está por aqui, pois eu e meu marido lemos muito o seu site qdo fomos viajar para NYC, e agora que entrei no site e vi esse post quase nao acreditei que vc esteve aqui...por isso nos gostariamos de marcar um encontrinho pra gente trocar ideias, estamos a disposiçao caso precise de algo! um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Malungo,
    A sua cidade é realmente maravilhosa, queremos poder voltar em breve.

    ResponderExcluir
  4. Mi, infelizmente nao estamos mais em Maceio :( quem sabe nao retornaremos em breve?!? Gostamos muito de Maceio, eu ja conhecia, ja tinha ido varias vezes, mas o Henry foi a primeira vez e amou.

    ResponderExcluir
  5. outras dicas de restaurantes:
    Sueca, um Self Service delicioso!! - http://www.suecacomedoria.com.br/

    ANA SILVA . self-service diferenciado. Muito bom!!

    ResponderExcluir
  6. Pessoal,
    Moro aqui em Maceió a 15 dias. Realmente, no aspecto visual as prais da orla são lindíssimas. porém, o mau cheiro é forte. E, o pior de tudo: há lixo em abundância por todo o mar da região! Toda a areia é infestada de lixo. isso é causado por um riacho de esgoto volumoso, que capta o esgoto da zona alta da cidade e desemboca no mar. Também existem riachos menores e bocas-de-lobo desembocando sucessivamente no decorrer da orla. É entristecedor, lamntável. Mas, de sã consciência não dá para banhar-se entre os urubus, pombas, carcarás e lixo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara apesar de sua postagem dizer antiga, coloco bem aqui uma informação, vc está extremamente equivocado em falar essas asneiras, ou vc só iria a uma praia chamada Praia da Avenida, e por burrice vc foi logo ao lado do riacho Salgadinho, e para evitar essas coisas que vc descreveu é só se afastar do local. Quero deixar bem claro que esse micro trecho que você se refere é tão insignificante que achei um absurdo de sua parte postar isso.

      Excluir
    2. Concordo Luiz, essa "Maceió" que este cara estava deve ser em outro planeta... Ou ele está com inveja de alguma coisa... hehe

      Excluir
    3. Wow! Realmente esse cara escolheu a parte ruim (e deserta) das praias pra colocar essa e as lindas e boas num saco só, como se fosse tudo assim. Se chegou em Maceió há 15 dias, não deve ter saído pra conhecer muita coisa, espere conhecer para poder falar. Vá além do que sua vista limitada alcança. Garanto que vai se surpreender! (:

      Excluir
    4. Não é minha intenção desfazer do lugar, mas achei as praias poluídas mesmo, ali perto do porto tem um rio que joga um monte de poluição no mar, e o lixo vai sim parar nas outras prais principalmente na pajuçara, por isso eu ia para as piscinas naturais nos fins de semana, no interior de Alagoas as praias são limpas.

      Excluir
  7. Olá pessoal, sempre antes de viajar procuro blog para pegar dicas e como sempre tem um "Alex" que só coloca defeito.Já fui a varias cidades do nordeste e meu sonho é morar por ai, se pudesse não voltava pra São Paulo,kkk

    ResponderExcluir
  8. Olá, planejo conhecer a cidade. Gostaria de saber qual foi a linha de ônibus que vc pegou do aeroporto para Pajuçara/ponta verde/jatiuca. Obrigada

    ResponderExcluir
  9. As praias de Maceió são demais. Pajuçara é a melhor praia de capital do Brasil, também acho que é a melhor para se hospedar pra quem curte agito (de dia e de noite). Abs!

    ResponderExcluir
  10. Ola!
    gostaria de saber se o taxii do aeroporto ate a pousado (uns 25km) de madrugada é muito caro?
    No aguardo.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  11. Vou a Maceió com minha família em Março de 2014. Vamos ficar na Ponta Perde. Gostaria de saber se dá pra nadar na praia de ponta verde ou se realmente é um lixo como dizem por aí.....

    ResponderExcluir
  12. Henry, Boa tarde! Como encontro o roteiro completo?

    ResponderExcluir



guias NY .PDF