25 de janeiro de 2010

A conta de restaurante e a gorjeta (alerta)


Imagino que vocês já saibam que nos EUA, ao contrário do Brasil, a taxa de serviço de um restaurante comumente NÃO vem incluída na conta.

O habitual é os fregueses deixarem de gorjeta em torno de 15% a 25% do valor total da conta, portanto, se você houver gasto 30 dólares (incluindo o imposto), você deixará entre U$ 4,50 e U$ 7,50 de gorjeta.

Se você pagar em dinheiro, tudo bem. Agora, quando se paga em cartão de crédito, o garçom traz uma nota semelhante à da imagem acima, com o valor da conta (amount), com uma lacuna para a gorjeta (tip) e para a somatória entre conta e gorjeta (total).

Assim, se você der 4,50 dólares para uma conta de 30, você incluirá o primeiro valor no campo "tip", e somará a gorjeta no campo "total", isto é, 34,50 dólares.
Feito isto, o garçom retorna ao caixa e retira, posteriormente à cobrança no cartão, o valor equivalente à gorjeta.
E é aí que entra o problema!

Na maioria das vezes, nada de errado ocorre neste processo e você é cobrado corretamente. Contudo, como Nova York recebe milhões de turistas todos os anos, e muitas vezes o turista só conferirá o extrato do cartão quando estiver milhares de quilômetros de NY, alguns garçons se acham no direito de ser desonestos e explorar os outros.

O que alguns deles fazem é retirar da conta um pouco mais - às vezes, muito mais - como gorjeta, por exemplo, ao invés de 4,50 dólares, retirar 8 dólares.

No caso da conta acima, de um almoço no Johnny Rockets da Primeira Avenida, havíamos dado 10 dólares de gorjeta para a conta de U$ 70 e, quando conferimos no banco, havíamos sido debitados 20 dólares como gorjeta, ou seja, o dobro!

O mesmo já havia ocorrido no restaurante Ellen's Stardust, perto da Times Square, quando o garçom também retirou o dobro de gorjeta.


Como evitar que isto ocorra?

A melhor maneira para evitar situações chatas como estas é pagar diretamente em dinheiro, ou, pagar apenas o valor da conta no cartão e deixar a gorjeta em dinheiro sobre a mesa no restaurante. Para isto, basta riscar a lacuna "tip" e inserir exatamente o mesmo valor da conta na lacuna "total".

No entanto, caso você seja vítima deste golpe, o melhor a ser feito é contatar, por e-mail, a gerência do restaurante solicitando a devolução do dinheiro.
Tenho certeza de que todos agirão com muita rapidez na hora de corrigir o "erro".

Vale lembrar que esta não é uma prática dos restaurantes, mas sim de um ou outro funcionário desonesto (ou estabanado), que abusa da oportunidade para praticar um crime.
E também não é motivo para ficar desconfiando de todos os garçons, mas tomar cuidado nunca é demais!


Importante: favor ler as Perguntas Frequentes - FAQ.


32 comentários via BLOGGER
comente também
  1. no Brasil nenhuma conta vem com a taxa de serviço incluída. proibido por lei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo contrário, amigo. No Brasil, a regra é os 10% virem inclusos na conta. O pagamento é que é opcional...

      Excluir
  2. Olá!

    Caramba, esse blog é muito legal! Parabéns mesmo, viu? Muito bem escrito, com linguagem direta e abrangente!
    Vou pra NYC no fim de fevereiro com uma amiga, e ela já comprou o guia Mão de vaca e estamos adorandooooo!
    Se você puder.... fala um pouquinho sobre compras para noivas? (vestidos de noiva, lembrancinhas, enxoval...). Pede ajuda pra alguma amiga, heheheh!

    Obrigada!

    Caroline Rathunde
    Curitiba-Pr

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo blog...vocês dois são uma graça !!! Sucesso !!! Abçs.

    ResponderExcluir
  4. Comigo acontecia sempre.

    Tanto que parei de pagar o restaurante com cartão de crédito.

    ResponderExcluir
  5. Quando o pagamento da gorjeta for em dinheiro, sugiro como outra alternativa escrever CASH, ao invés de inutilizar o campo TIP com um risco. O que você acha sobre essa?
    Obrigado.
    Ronaldo
    Balneario Camboriu - SC

    ResponderExcluir
  6. Oii! sabe o que eu queria saber... vou ser garconete nos Eua em um trabalho de ferias... e é claro o que mais me interessa além do salário são as gorjetas! hehehe. è obrigatorio lá? ou é um hábito muito utilizado?

    ResponderExcluir
  7. Estou com uma dúvida.... Em lanchonetes em fast food tb tem que dar gorjetas!? Tipo de Macdonald's e Burking por exemplo...

    Grata pela atenção!!
    Att, com carinho Lorena :)

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lorena.

    Para fast-food não é necessário dar gorjeta, apenas para serviços nos quais você é atendida na mesa por um garçom, ou no balcão de um diner, por exemplo.

    Abraços,

    Henry.

    ResponderExcluir
  9. Eu não entendi muito bem como o garçom consegue debitar um valor maior do que o destacado pelo cliente na nota. O cliente necessariamente não terá que digitar uma senha ou assinar a noitnha do cartão?

    ResponderExcluir
  10. Pois é, fiquei com a mesma dúvida do Rodolfo...
    Como é feito o pagamento com catão? não tem nenhuma confirmação ou, pelo menos, um papelzinho confirmando o valor debitado?

    ResponderExcluir
  11. Funciona assim, Daniele e Rodolfo:

    o garçom traz a conta, com o valor sem a gorjeta.

    Você preenche o valor correspodente à gorjeta, escreve o total conta+gorjeta e assim o comprovante.
    Você vai embora do restaurante.

    O garçom retorna à máquina depois e retira o valor correspodente à gorjeta indicada no papel.

    É o tipo de coisas que só funciona num país onde as pessoas confiam umas nas outras, e que fraudes nos cartão podem dar cana. É claro que, no caso de estabelecimentos turísticos, onde o garçom sabe que nunca mais verá a cara do sujeito na frente, ele pode se sentir impune para roubar os fregueses...

    ResponderExcluir
  12. Confesso que acho irritante essa estória de gorjeta. Ora, O garçom não tem salário? Sou professora e nenhum aluno me da gorjeta após a aula por ter tido uma aula boa...!!!
    Além de cara feia do garçom que mais pode acontecer se não pagarmos a gorjeta?

    ResponderExcluir
  13. O problema é que em muitos restaurantes nos EUA, o garçom não ganha salário, apenas a gorjeta, ou seja, se você não der nada, o coitado trabalhou de graça para você.

    Pelo menos, como professora, você recebe salário, ou não?

    ResponderExcluir
  14. Obrigado pela informação, VC confirma que os USA são um dos país onde os trabalhadores tem menos direitos sindacais: nesse caso nem o salario!

    ResponderExcluir
  15. É um pouco complicado falarmos em direitos sindicais neste caso, Giovanni, quando boa parte dos que trabalham neste ramo são imigrantes indocumentados fazendo o trabalho que nenhum americano quer fazer, mas não é por isto que temos de desmerecer o esforço e a luta deles.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  16. Posso falar por experiencia propria, ja trabalhei nos EUA nesses programas de work and travel. O salario base é de 8 dólares a hora, o minimo para todo o cidadao, ja para garçons é diferente, tipo $ 2 a hora. Aí ele ganha é nas gorjetas. Abraço!

    ResponderExcluir
  17. Então, em regra, o pagamento com cartão nos EUA não ocorre mediante senha? Lá eles usam assinatura?

    ResponderExcluir
  18. No final do ano passado conheci o maos de vaca e adorei. Li tudo de NY! E no finalzinho de novembro de 2011 cheguei a NY.
    Segui a orientacao q ao pagar a conta do restaurante com cartao de credito, riscar o tip, colocar o total da conta e dar a gorjeta em dinheiro. E foi isto q fiz no Johns Pizzeria. Quando a minha fatura chegou o meu consumo de US$ 50 passou para US$ 89!!!! E'... a garconete foi beeeeem audaciosa. Liguei para o cartao de credito, pedi para falar com o setor de fraudes, eles me pediram para enviar copia do recibo do cartao de credito (eu trago todos e confiro item a item) e eles me enviaram um form para eu explicar o q havia acontecido. No mes seguinte eles me reembolsaram. Nao sei se eles entraram em contato com o restaurante, pois no recibo tem ate o nome da garconete. Pensei em ir la no restaurante falar com o gerente, pois estou novamente em NY, mas desisti. Mas fica mais esta dica. Agora vou ler as novidades do maos de vaca q sao tudo de bom. Parabens!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. então é melhor pagar em money mesmo viu!!

      Excluir
    2. Daisy, pode ter certeza que a Administradora do cartão foi em cima da pizzaria.

      Excluir
  19. Leonardo,
    Eles nao usam senha e tem loja q nem assinar vc assina.
    Muitas das vezes vc assina com uma caneta magnetica e dependendo da qualidade dela a sua assinatura fica horrivel.

    ResponderExcluir
  20. Gente,...continuo ainda não entendendo...Se o cliente foi embora significa que pagou a conta, viu o que estava pagando, assinou e/ou passou a senha do cartão e morreu o assunto...Como o garçom depois disso vai descontar ainda mais dinheiro de um cartão que não está de posse??? A maquina deles clona o cartão?? É isso?

    ResponderExcluir
  21. Gente,...continuo ainda não entendendo...Se o cliente foi embora significa que pagou a conta, viu o que estava pagando, assinou e/ou passou a senha do cartão e morreu o assunto...Como o garçom depois disso vai descontar ainda mais dinheiro de um cartão que não está de posse??? A maquina deles clona o cartão?? É isso?

    ResponderExcluir
  22. Se ele pegou o número do cartão, não precisa necessariamente tê-lo em mãos para fazer outro débito, Já comprei lanche numa lanchonete que não tinha máquina sem fio, eles pedem o número do cartão e quando fazem a entrega levam o papel pra o cliente assinar.

    ResponderExcluir
  23. Sobre o percentual da gorjeta, já percebi que deixando 15% os garçons ficam satisfeitos, então não precisa ficar dando 20 ou 25%...

    Mas qdo vc for pagar em dinheiro e quiser deixar o troco como gorjeta, vc precisa ser bem específico, dizendo "KEEP THE CHANGE!", senão eles te olham meio torto... Pois qdo vc não menciona nada, não é "subentendido" que o troco seja a gorjeta (como ocorre no Brasil)...

    ResponderExcluir
  24. Minha dica sobre a gorjeta é: dobre o valor do imposto e pague o valor aproximado.
    Já que o imposto é de quase 9%, dobrando seu valor vc estará pagando quase 18% de gorjeta, mais do que bom!!!
    O imposto sempre vem discriminado na conta, fica fácil de identificar. "TAX".
    Além disso, se vc precisar de troco para dar a gorjeta, é só pedir para eles trocarem sua nota que eles trocam no caixa sem problemas.
    Ex.: Conta deu U$ 60,00 - tax U$ 5,34. Se vc der U$ 10,00 de gorjeta estará ótimo!!!
    Boa viagem!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  25. Em Orlando tive vários problemas de irregularidade de débito no cartão, razão pela qual em restaurantes pago sempre em dinheiro.

    ResponderExcluir
  26. Pessoal, tenho dúvidas em lugares que pedimos no balcão (imagino que o Katz seja assim)... pagamos para o cara diretamente ali e também damos gorjeta? Ou ele nos dá um "papelzinho" com a conta e pagamos no caixa? Obrigado!

    ResponderExcluir



Guias Nova York .PDF





Mundi - Compare Preos de Passagens Areas e Hoteis

Pesquise Preos