5 de fevereiro de 2009

Dica da leitora - Camila Alcântara

*

Acabei de voltar de New York e quero agradecê-los pelas dicas super úteis. Foi essencial comprar o guia. Ele me ajudou pra caramba!! Usei muito, muito mesmo.

Tem duas dicas super legais que quero dividir com vocês, pois acho que vale a pena.

Woodbury, ir ou não ir???
TEM QUE IR!

Não sei se é por causa da crise financeira ou se lá é sempre cheio de promoções como tive a sorte de pegar. Logo no aeroporto recebemos de uma brasileira a dica para irmos lá no primeiro dia, pois assim se não gostássemos de nada, não perderíamos tempo deixando de comprar as coisas em Manhattan pensando se encontraríamos ou não mais barato lá no outlet. Fechamos com um motorista brasileiro uma van para 06 pessoas e ficou 55 dólares por pessoa - ida e volta- com a comodidade de o motorista ficar cuidando das sacolas na praça de alimentação e ir embora a hora que a gente quisesse, pois se fosse ruim iríamos embora na hora do almoço. Sei que não é nenhuma barganha, mas não ficou tão caro comparado ao ônibus que faz o percurso por 40 dólares, com hora certa para chegar e ir embora e ter que ficar carregando as sacolas o dia todo (o que teria sido impossível, visto a empolgação que tivemos lá). Fora isso, quando se vai com algum guia, ele nos dá um livrinho cheio de cupons com mais descontos. A maioria das lojas dá um desconto de 10 a 20% sobre todos os itens, mesmo que já estejam na promoção.

Apesar de existir sim lojas que mesmo tendo desconto ainda são inviávies pelo preço, por exemplo Giorgio Armani, que mesmo com 30 ou 40% de desconto, ainda é pesado, a grande parte das lojas lá são acessíveis.

Na loja da Guess, fiquei maluca! Bolsa lançamento da Guess da linha da modelo Heidi Klum, linda de viver, por 70 dólares mais o desconto de 15% do cupom dado pelo guia, quando no Brasil custa +/- 700 reais. Comprei uma carteira maravilhosa por 18 dólares, um relógio feminino com strass por 55 dólares. Enfim, coisas lindas mesmo por preço ótimos comparados ao Brasil. Ah, calça jeans feminina paguei U$30,00 (fora o desconto do livrinho).

Na loja da Nike duas camisetas masculinas, super bonitas e de tecido ótimo, por U$20,00. Conjunto com 03 pares de meias esportivas por U$3,00. Os tênis lá são super em conta, porém você não acha nenhum lançamento. Tem modelos lindos, super aproveitáveis na faixa dos U$40 ou 50 dólares. Na loja da Nike não tem nenhum cupom adicional, o que é exceção.

Agora a maior barganha de todos foi a loja da Tommy Hilfinger. Lá fizemos a festa. As tradicionais pólos estavam por U$25,00 mais o desconto do livrinho dado pelo guia, sendo que no final o preço ficava perto dos U$20,00. Cuecas, casacos, blusas de lã (que em janeiro paguei R$325,00 no shopping em Campinas para o meu marido, saiu por U$19,00!!!). Foi uma festa!!

Tem uma lojinha de cosméticos e perfumes lá (não me lembro o nome, só lembro que fica ao lado da loja da Lacoste), em que os perfumes estavam muito mais baratos do que no free shop. A loja da Gap também estava com preços ótimos, por exemplo: calça de veludo linda por U$12,00.

Enfim, foi lá que acabamos fazendo as maiores compras. Ainda bem que fomos no primeiro dia, pois não encontrei em nenhum outro lugar de New York coisas tão baratas e de tão boas qualidades quanto em Woodbury. Na verdade cheguei a ver diversas vezes produtos que tinham no outlet em outras lojas mas sempre bem acima do preço.


Outra dica importante é sobre o City Tour

Para quem nunca foi a New York é obrigatório fazer o city tour. Fizemos com uma das empresas que fazem o passeio em um daqueles ônibus que não tem teto, para facilitar a visualização dos prédios. O preço é meio salgado (U$39,00/pessoa), mas é a melhor forma de conhecer os principais pontos da cidade. Ele passou por diversos bairros, passou perto do local onde eram as Torres Gêmeas, parou na balsa para quem quisesse ir até a ilha onde fica a Estátua da Liberdade, passou em Little Italy, Chinatown, Pier 17, 5ª Avenida, etc. Além disso comprando o "passe" você pode utilizar por dois dias a qualquer hora o tal do ônibus, o que acaba sendo ótimo. Assim: você pega o ônibus na Broadway e desce no Pier 17 para almoçar. Os ônibus passam regularmente (são ônibus circulares, como os de linha) e você pode subir em qualquer outro ônibus da empresa em qualquer horário, basta apresentar o tíquete. Depois do almoço você pode novamente pegar o ônibus e parar em Chinatown (outro lugar necessário) e para voltar para a Broadway, pegue novamente o ônibus do tour. E você tem dois dias para conhecer todos esses lugares. Acaba valendo a pena. Fizemos o tour em inglês mesmo, mas fiquei sabendo que é possível fazer esse mesmo trajeto com guia brasileiro. Basta informar-se.

Ah, ressaltando uma dica que você já tinha dado: os melhores preços de eletrônicos acabaram sendo na Best Buy mesmo. O atendimento realmente deixa um pouco a desejar, principalmente na loja da 5ª avenida. Depois fui em uma outra loja, que fica na 6ª e o atendimento foi bem melhor, pois o movimento da loja não era tão grande. Vale a pena procurar por lojas que fiquem mais fora do circuito turístico.

Muito obrigada pelas dicas e continuem com esse projeto tão especial!!

Obrigada
Camila


Importante: favor ler as Perguntas Frequentes - FAQ.


7 comentários via BLOGGER
comente também
  1. Olá, você poderia passar o contato deste guia/motorista que te levou no Woodbury Outlet? Adorei!!!
    Valeu!!!
    Viviane

    ResponderExcluir
  2. Francisco Fernandes6 de fevereiro de 2009 08:37

    Camila, faço minhas as suas palavras ! Viajo frequentemente pra NY, e sempre, sempre vou em Wood no primeiro dia, pois é inevitavelmente um dos lugares mais baratos pra se comprar. Vc deve ter pego a liquidação de 75% da Tommy. Eu já fui diversas vezes lá, mas nunca vi as coisas por este preço. Tbm comprei horrores, camisa social por 6, 12 dólares e por ai vai...

    Gostei da dica da van. Mas eu tenho um outro esquema. Eu sempre chego no JFK, e alugo um carro lá mesmo. Pago 80 dolares em dias de semana. Ai vou de carro até woodbury, e se der tempo ainda passo no garden State Plaza que é um big shopping que fica no meio do caminho em Paramus. Com um GPS, não tem muito risco de se perder (exceto quando o GPS quebra :( ). Com isso, economizo o taxi do JFK pra minha casa que fica na ilha Roosevelt (o taxi sai US$ 50, flat fare). Quando chego à noite, deixo as coisas todas em casa, pego o carro e deixo no La Guardia e pego um taxi pra casa que fica perto. Se quiser, dependendo de onde a locadora tiver filiais abertas, pode deixar em manhatam mesmo...

    Abraço !

    ResponderExcluir
  3. Vale muito a pena ir sim. As coisas lá são muito baratas e tem que ir sem se preocupar com o tempo, que é o problema de ir de trem por exemplo. O último trem sai as 15 hrs se não me engano.Tem muita coisa boa e barata lá. Eu levei uma mala gigante com rodas saía das lojas sem as caixas e embalagens pra poder acomodar na mala. E sem dúvida a nmelhor loja de eletrônico é a BEST BUY, onde gostei muito do atendimento. Loja legal também é a Century 21. Apertada, lotada , mas tem bastante coisa bem barata lá. Trouxe um monte de relógios e bolsas da NYke por exemplo que nunca nem vi aqui no Brasil.
    Nova Iorque é linda, glamourosa e dá pra ser feliz nela sim economizando !!


    Angela Lacerda
    angelalacerda@hotmail.com

    ResponderExcluir
  4. Oi pessoal, td bem?

    O motorista que nos levou aeroporto/hotel e depois para Woodbury é o Marcos Beraldo, celular: 1.917.701.0539. Porém uma coisa tem que ser dita: nós combinamos de ele nos levar na volta para o aeroporto e ele atrasou tanto, mas tanto (mais de meia hora) que resolvemos fechar na hora com uma outra empresa que era indicada no hotel. Foi a nossa sorte. Tem vários outros motoristas que também fazem esse tipo de trabalho lá. O Marcos foi honesto, carregou nossas coisas, só furou mesmo no final. Todo caso, o preço dele é bom - ele cobrou U$20 para o percurso aeroporto/hotel. Só combinem com ele um horário com bastante antecedência, ok?

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    parabéns pelo blog, uma mão na roda para nós viajantes de NY de primeira viagem :)
    queria só mencionar que o Woodbury Outlet faz parte da rede Premium Outlets que tem em vários locais nos EUA. Eu estive em San Diego e lá fui em um desses. Dá pra se jogar muito de tanto comprar!!!
    mas a dica que quero deixar é que vocês entrem no site do Premium Outlets (https://www.premiumoutlets.com) e lá se cadastrem para ter acesso a mais descontos ainda que só os da loja e do livreto de descontos! (é possível, hehehe)... uma vez cadastrado você imprime um voucher para retirar o livreto de descontos no outlet q for, assim não importa se você vai no ônibus ou de trem, sempre terá seus vouchers de descontos extras e um para retirar o livreto sem precisar pagar os $10 cobrados para quem não tem esse voucher.
    é isso, fica a dica...
    tô chegando em NY na primeira semana de março :)

    ResponderExcluir
  6. Oi! Ouvi dizer que existem locais que vendem perfumes muito mais baratos pois seriam usados como amostras em lojas. Não são usados, mas são vendidos sem a caixa. Alguem sabe onde encontro?

    ResponderExcluir
  7. Olá Camila,
    Gostaria de saber qual a empresa que faz o citytour com guia brasileiro?
    Estou indo em junho com a familia, ai seria muito bom fazer um citytour pra galera conhecer a cidade sem ter q ficar traduzindo tudo!

    ResponderExcluir



guias NY .PDF