15 de novembro de 2012

Buenos Aires para Mãos de Vaca - Choripán, a versão portenha do pão com linguiça


Antes de tudo, precisamos esclarecer a complexa nomenclatura carnívora dos argentinos. A primeira lição é:

1 - chorizo é linguiça;
2 - morcilla é chouriço;
3 - e bife de chorizo é o mais famoso corte de carne do churrasco argentino, ou da parilla.

Ou seja, se alguém lhe oferecer chorizo, é linguiça, sem erro, enquanto bife de chorizo é um bifão suculento, geralmente vermelho por dentro e sangrando um pouco.

O choripán, o herói deste artigo, é um sanduíche de linguiça assada na brasa, geralmente acompanhando de chimichurri, um molhinho típico.


Você encontrará o choripán onde quer que vá em Buenos Aires, inclusive até em lanchonetes de shopping center, como da rede Las Brasitas, da foto acima, nas Galerias Pacífico, mas, definitivamente, não recomendo a ninguém com um pouco de bom senso comer em shopping centers em Buenos Aires.

O verdadeiro choripán se encontra nas portinhas e nas bocas de porco da cidade. Os choripanes mais famosos ficam nas barracas de rua em Puerto Madero, ao longo da avenida margeando a Reserva Ecológica, ou na Avenida Rafael Obligado Costanera, que passa em frente ao Aeroparque Jorge Newbery, diante do Rio de La Plata.
Precisa ter um bocado de coragem para experimentar estes choripanes feitos na rua, mas o sabor é incomparável.


Além disto, no bairro de San Telmo há também várias biroscas que servem choripanes tradicionais, o negócio é entrar, respirar fundo e mandar ver. O nosso favorito fica na rua Chacabuco, entre a Humberto I e a Carlos Calvo. Não é o mais famoso nem badalado da cidade, mas, segundo os locais, é um dos melhores.
Um sanduíche de linguiça mais fritas não deve custar mais do que uns 5 dólares, quando muito.

Faça a si mesmo um favor e não vá embora de Buenos Aires sem experimentar pelo menos um choripán.


Importante: favor ler as Perguntas Frequentes - FAQ.


Um comentário via BLOGGER
comente também



guias NY .PDF