9 de novembro de 2008

Washington para Mãos-de-Vaca (Parte 3)




Demorou, mais saiu! Aqui está a terceira parte da dica "Washington para Mãos-de-Vaca".

Deslocando-se em Washington D.C.

As três principais opções de transporte na cidade são: táxi, metrô e ônibus.
Como todo mão-de-vaca sabe, táxi nunca é a opção mais barata. Apesar de o táxi em Washington não ser tão caro quanto em NY, e o tráfego não ser tão caótico, ainda existem opções bem mais em conta.
O metrô é uma delas. No entanto, para quem está acostumado com o metrô de Nova York, a experiência com o metrô de Washington pode ser um tanto bizarra.
A tarifa do metrô custa U$ 1,35 para cada trajeto. Mas atenção: você precisa do cartão do metrô tanto para entrar na estação, quanto para sair. Quer dizer, não adianta comprar um passe e jogá-lo fora assim que embarcar, senão você terá de pagar uma tarifa reduzida para poder sair da estação do metrô.
Assim como em NY, existe a opção dos passes ilimitados. O passe diário custa U$ 7,80, e o semanal U$ 26,40, mas, ao contrário de NY, você só pode utilizá-lo fora do horário de rush, ou seja, após as 9:30 da manhã e durante os finais de semana.

No entanto, apesar de os trens serem novos, as linhas de metrô são poucas e nem sempre muito práticas. As estações de metrô são com um design bastante diferente, algo meio espacial, mas muito escuras pro meu gosto.

Sobre o Metrô de D.C.

Na verdade, a opção de transporte que eu recomendaria não é nem o táxi, nem o metrô, mas sim um ônibus chamado "Circulator".
Este ônibus possui apenas três rotas (uma delas só funciona aos finais-de-semana), mas o levará para todos os lugares que realmente interessam.
A passagem do ônibus custa a bagatela de 1 dólar, e o motorista lhe dá um passe que o permitirá pegar outros ônibus do mesmo sistema. Quer dizer, com apenas 1 dólar você pode trocar de ônibus quanto quiser e rodar por quase toda a cidade.

Para conhecer as rotas e os serviços do Circulator:

O que ver em Washington D.C.?

Basicamente, existem duas coisas para se ver em Washington: prédios municipais e museus.
A grande vantagem da capital dos EUA é que quase todas as atrações turísticas são gratuitas, quer dizer, o delírio de qualquer mão-de-vaca.

Museus
Os museus são inúmeros e para todos os gostos, tem os museus dos índios, museu da National Geographic, museu da espionagem, museus de artes, museu do holocausto, museu de História Natural, etc.
Mas um museu ao qual a visita é imprescindível, que não existe nada parecido em Nova York, é National Air and Space Museum.

O acervo deste museum é composto por aviões, artefatos da NASA, e várias outras coisas relacionadas à História da aviação e da viagem espacial. Sem dúvida, é emocionante ver um dos módulos espaciais que fez parte do projeto Apolo 11, aquele que levou o Homem à Lua.
Como os demais museus da cidade, este também é de graça. Além disto, no térreo, há um anexo com uma pequena praça de alimentação, é uma boa opção de fast food em Washington.

Mesmo se você for ficar pouco tempo na cidade, este museu é visita obrigatória.

Sobre o National Air and Space Museum

Prédios Federais

Como já dissemos nas dicas anteriores, Washington é a capital federal dos EUA e a sede do poder. Portanto, lá está boa parte dos prédios públicos mais importantes do país.
Você inevitavelmente verá o Capitólio, a sede do Congresso norte-americano, e o Washington Monument, um gigantesco obelisco em The Mall (um enorme área retangular, no meio da cidade, com praças, parques e vários monumentos ao redor), já que os prédios da cidade não são tão altos e estes dois monumentos se destacam na paisagem.

Atrás do Capitólio, está a Biblioteca do Congresso (Library of Congress), que para mim foi um dos pontos turísticos mais emocionantes. Uma das maiores biblioteca do mundo, com mais de 11 milhões de livros. Vale a visita à ala onde está exposta a biblioteca de Thomas Jefferson.

Também atrás do Capitólio, está situada a Suprema Corte, onde decisões históricas foram tomadas.

O monumento de Lincoln, no extremo oposto de The Mall, é muito bonito. Você terá de andar um bom bocado, mas a gigantesca estátua de Linconl é inspiradora.

Na verdade, quase todas as atrações estão nesta área, portanto, tanto se você pegar o Circulator quanto à pé, é possível vê-las num único dia.

Georgetown

Este bairro é a parte mais antiga de Washington e uma região muito agradável, com várias lojas, restaurantes e bares. Na verdade, há muitas opções caras no bairro, como lojas de grifes e restaurantes chiques, mas por causa de sua arquitetura e pelas ruas sempre cheia de jovens, é um alternativa para quem não quiser ficar só nos monumentos.
Eu recomendo.

Considerações finais
Há muito mais para se fazer e ver em Washington, mas aqui está uma súmula com o que acreditamos ser o mais importante para um ou dois dias de visita.
Apesar de ser interessante, eu não sei se recomendaria uma ida ao Cemitério de Arlington para quem for ficar pouco tempo na cidade.
A Union Station, que dizem ser uma das mais belas estações de trem do país, foi uma decepção. A Grand Central de Nova York dá de dez.
As opções de alimentação, especialmente na região de The Mall, são poucas, existem alguns quiosques de rua, mas quem quiser comer algo um pouco mais reforçado, terá de procurar em outro lugar. Georgetown, apesar de ser um pouco mais elitista, é uma boa alternativa.


Importante: favor ler as Perguntas Frequentes - FAQ.


11 comentários via BLOGGER
comente também
  1. Maravilhoso!! Viajo no próximo domingo e estava triste, pois achava que não conseguiria ter as três partes dessa dica para levar comigo. Mas agora estão completas. Assim, poderei usá-las quando estiver em NY para esticar até WDC.
    Nos vemos por aí!
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda nao li as 3 partes do post, pode ate ser que tenha essa dica em uma das outras partes, mas se tiver um pouco mais de tempo em DC, sugiro conhecer Alexandria, que e a cidadezinha onde morou George Washington, e praticamente intocada ha 300 anos.

    ResponderExcluir
  3. E a Casa Branca? (2)

    ResponderExcluir
  4. Você poderia dar dicas de lugares para conhecer próximo a NY como, por exemplo, Boston? Obrigada

    ResponderExcluir
  5. My cousin recommended this blog and she was totally right keep up the fantastic work!

    ResponderExcluir
  6. Muito bom!!! Curti muito valeu pela atenção!

    ResponderExcluir
  7. É ótimo poder planejar viagem de última hora e poder contar com o seu blog!
    Foi o máximo qdo planejei pra NY e agora ctz q vai ser para Washington DC.
    Parabéns pelo seu trabalho e obrigada!
    Valeu!!
    Gisele, Charlotte/NC

    ResponderExcluir
  8. E a Casa Branca ?
    Existem algum tipo de visita guiada a casa Branca?

    ResponderExcluir
  9. Uma dica de hospedagem barata: procurar hotéis nas cidades vizinhas. Arlington, por exemplo, está a apenas 8 km da capital e possui excelentes hoteis que cobram metade do valor praticado em Washington.

    ResponderExcluir
  10. Morei em Reston - VA, 30min de DC. Essa região VA e DC tenho uma queda e tanto por elas. Hospedagem nas cidades vizinhas são mais baratas e costumar ter ótimos hotéis em Arlington e com algumas quadras da estação de metro que da acesso a toda DC!
    Para comer existem os tradicionais MC Donalds e fast food e cafeteria, e se preferir um restaurante, tem a rede de restaurantes UNO, são ótimos com opções de lanches á massas, e o preço razoável, gastava em torno de U$35 em um prato de massa, aí vai de cada um.
    Se tiver oportunidade não deixe de conhecer as cidades de VA, são lindas, bem como filmes e aconchegantes, principalmente no Natal e no Halloween!!!

    ResponderExcluir



guias NY .PDF